28° CONCURSO FOTOGRAFIA FNA

AMADORES E PROFISSIONAIS
JAN A 7 JUN '19

Fotografia FNA

O concurso “Fotografia FNA” é um projeto iniciado em 1991 e desenvolvido no quadro da Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde (FNA) que, desde 1977, anualmente se realiza durante a última semana de julho e a primeira de agosto.

A sua missão é a de promover e dignificar o artesanato enquanto herança cultural e identitária, através da dimensão estética da fotografia, como meio de fruição, expressão e arquivo do património cultural.

Ao longo das 27 edições já realizadas foram apresentados a concurso mais 8000 trabalhos, por centenas de fotógrafos que, de forma apaixonada e cúmplice, contribuíram para a afirmação da Convenção da Unesco sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais promovendo o conhecimento do artesanato português.

Na 28ª edição deste concurso damos um novo impulso a este projeto e, simultaneamente, uma maior consistência para aprofundar o conhecimento e a valorização das artes tradicionais portuguesas.. 

Pretende-se implicar um maior número de fotógrafos a nível nacional, incentivar um maior envolvimento e cumplicidade entre artesãos e fotógrafos e permitir um registo mais abrangente do artesanato nacional.

Assim, os fotógrafos passam a poder desenvolver o seu trabalho em qualquer ponto do território nacional, onde o artesanato aconteça, deixando o recinto da Feira Nacional de Artesanato de ser o palco exclusivo do concurso.

Cada trabalho deve ser apresentado sob a forma de portefólio e visar uma única arte artesanal. Tratando-se de um trabalho fotográfico, documental e/ou artístico, de 6 a 10 imagens, a cor ou preto e branco, considera-se fundamental que as imagens sejam esteticamente concebidas e tecnicamente positivas.

Valorizando a coerência do portefólio, no sentido de explicitar os métodos de produção da obra: a sua especificidade regional como arte tradicional, embora com as eventuais evoluções temáticas e estéticas, as matérias-primas, as técnicas utilizadas, a sua função utilitária e/ou artística, o artesão em ação e a obra terminada, ligando-a eventualmente à sua divulgação e exposição. 

As candidaturas admitidas a concurso serão apresentadas a um júri, a anunciar oportunamente, alheio à organização da Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde, que elegerá os trabalhos vencedores: portefólios e imagens significativas que se possam destacar nos portefólios. Sendo que 50 é o número máximo de fotografias selecionadas, entre portefólios e eventuais imagens individuais. 

Os trabalhos eleitos darão lugar a uma exposição fotográfica itinerante pelo território nacional. 

Entre os trabalhos eleitos será designado o portefólio vencedor ao qual será atribuído um prémio monetário de 3.000 euros.

A data de inscrição, gratuita, decorre o mais tardar até 30 de abril, no site - www.fotografia-fna.org - e a apresentação dos trabalhos até às 24 horas do dia 11 de junho de 2019. 

A entrega de prémios terá lugar no decorrer de uma sessão complica com a projeção das fotografias apresentadas a concurso, colóquio, inauguração da exposição e Porto de honra, no decorrer da Feira Nacional de Artesanato, em data a fixar.

Concorra: Convide um artesão e fotografe um ciclo produtivo das suas peças. 

Ajudá-lo-á a promover a sua arte e a preservar o artesanato português. 

Paralelamente, para além do seu trabalho poder participar numa exposição itinerante um prémio de 3.000 € está ao seu alcance.

Boa sorte…